Páginas

domingo, 12 de abril de 2009

Qual é o sexo do seu cérebro?

Pode um homem ter um cérebro feminino e uma mulher um cérebro masculino? Pois é, pode! Segundo a neuropsicologista Anne Moir, da Universidade de Oxford, na Inglaterra, pode sim. Eu nunca acredito neste tipo de pesquisa. Constrõem uma visão esteriotipada de homens e mulheres. Qualquer coisa que fuja do padrão socialmente aceitável sobre o que é ser homem ou o que é ser mulher já é motivo para esbelecer tendências homossexuais para alguém. Embora feita a ressalva, não custa brincar e conferir se seu cérebro obedece a sua condição sexual física. Confira o link abaixo e faça o teste. Você pode descobrir se é uma mulher ou homem em potencial, mesmo que nem imaginasse uma coisa dessas. Eu só fico me perguntando se esses cientistas não tem mais o que fazer da vida. Depois eu é que sou vagabundo. Tudo bem...

Página da Revista Época para fazer o teste: clique aqui

11 comentários:

Bilico disse...

Fazer esses testes é coisa de viado, hehehe

Discípulo disse...

ahaaa...

Diego da Silva Rodrigues disse...

Ninguém dos Vagabundos quer fazer o teste, hein? Que medo têm esses caras...

O meu resultado deu 7: sou macho pra caralho!

Bilico disse...

Quem é macho mesmo, não faz esses testes.
Como disse uma vez o Luiz Fernando Veríssimo, "HQEH (homem que é homem) não faz testes de masculinidade".

Discípulo disse...

será q o Bilico fez e o resultado deu algo q ele não esperava?

Bilico disse...

Eu não fiz, não preciso desses testes para saber se sou homem. Quem faz, é sinal que tem dúvidas...

Discípulo disse...

sei...

Bilico disse...

Mas, se quiserem, eu ativo uma enquete para perguntar aos leitores se eu faço ou não o teste, hehehe...

Bilico disse...

Agora lembrei de algo: comentar o que o Volmir escreveu no post, hehehe...
Eu concordo com o Volmir. Dizem que nós somos vagabundos, mas vemos cada pesquisa por aí...

Discípulo disse...

bah...
a ciência virou comércio... nada mais é levado a sério... não adianta...

nossa diferença é que somos vagabundos confessos.

Diego da Silva Rodrigues disse...

Enquetes, não, por favor...